Transformação na comercialização de alimentos perecíveis foi tema de webinar promovido pela HB-SMR

Evento online contou com a presença do expert em grupos mercadistas Jean Duboc

Com o objetivo de refletir sobre as transformações na comercialização de alimentos perecíveis, durante e pós-pandemia, a HB-SMR promoveu um webinar com a presença do expert em grandes grupo supermercadistas Jean Duboc.

O evento, intitulado “Jean Duboc responde: evolução do varejo com foco em perecíveis”, abordou como o processo de digitalização e as mudanças nos hábitos de consumo tornaram necessárias a utilização da tecnologia no varejo. No comércio de alimentos perecíveis, por exemplo, as empresas precisaram se reinventar para atender os consumidores e garantir alimentos frescos durante toda a cadeia logística.

Para explicar como os profissionais e as empresas do setor varejista puderam passar por transformações aceleradas sem problemas e o reflexo dessas mudanças no setor, Jean Duboc respondeu perguntas sobre as mudanças globais em comercialização de alimentos,  e-commerce, perspectivas para o futuro, assim como compartilhou insights para as organizações que buscam se inovar. Para ele, trocar ideias, sair dos paradigmas do passado e poder debater opiniões sobre a realidade atual são processos importantes para pensar no futuro: “Estamos em um momento complexo, com problemas de dinheiro e inflação, que influenciam os hábitos do consumidor. Ao mesmo tempo, as pessoas estão mais preocupadas com alimentação saudável, com a higiene e cuidados com armazenagem dos produtos, o que se refletirá futuramente na decisão de compra”, afirmou.

Duboc afirmou que o comércio de mercadorias online veio para ficar e tornou necessária a criação de novas estratégias para ganhar concorrência no mercado. O modelo híbrido de vendas, que contempla lojas físicas e e-commerce, deve persistir no pós-pandemia: “Esse é um momento de inovar, assumir riscos e buscar desenvolver a evolução do varejo. Muitas empresas não estavam prontas para se adaptarem à digitalização mas é preciso ganhar espaço com sites, redes sociais e outras alternativas que dinamizem o comércio e ofereçam variedade de produtos.”

Ainda durante o evento, foram destacados outros assuntos como logística, qualidade dos produtos e a importância da comunicação precisa entre varejistas e consumidores. Conforme Duboc, as marcas que oferecerem maior agilidade na entrega terão vantagem com o público: “Fazer o pedido rapidamente e recebê-lo com agilidade será um diferencial. O consumo tende a mudar, por exemplo, no mercado de carnes e FLVs, em que o consumidor passará a prezar pela qualidade e não pela quantidade. A praticidade e organização das entregas também serão um diferencial, além do recebimento de mercadorias sem danos”, conclui.

A fim de garantir o transporte de alimentos perecíveis com qualidade e, dessa forma, ser mais assertivo com os consumidores, é necessária a utilização de embalagens resistentes, eficientes e sustentáveis. Nesse contexto, as caixas HB são um diferencial, pois são desenvolvidas para proteger as mercadorias contra impactos, torções e atritos. Segundo o consultor Daniel Watanabe, os recipientes que evitam perdas e desperdícios de alimentos frescos e resfriados são indispensáveis: “É muito grande o ganho de logística com as caixas HB, porque, além da redução de perdas, elas se destacam pelo armazenamento por causa do design ergonômico. Sem contar a sustentabilidade, já que optar por elas significa abrir mão das caixas de papelão”.

Prezar pela conscientização, principalmente dos supermercadistas,para a importância de assuntos relacionados à qualidade dos alimentos e a redução de impactos ambientais é uma característica da HB-SMR. Para a CEO, Ana Miranda, o intuito da empresa é participar do desenvolvimento do setor: “Nosso objetivo é participar dessa evolução; nossas caixas são ecológicas, reduzem o desperdício em embalagens descartáveis e a perda de alimentos, proporcionando ganhos na cadeia logística e no ponto de venda que se refletem na redução de preço para o consumidor”.

Você pode se interessar também

Cadastre-se

Receba nossas novidades por e-mail e saiba mais
sobre como estamos inovando no setor de embalagens