Contaminação Cruzada: Como Evitar no Transporte de Alimentos

Entenda como é possível proteger os alimentos durante o transporte da contaminação cruzada e do acúmulo de gás etileno com as caixas plásticas HB-SMR.
Evitar a Contaminação Cruzada

Você já ouviu falar alguma vez em Contaminação Cruzada e como ela acontece durante o transporte de alimentos frescos? 

De acordo com a ONU (Organização Mundial da Saúde), 1 entre 10 pessoas no mundo já adoeceram alguma vez após o consumo de alimentos contaminados. 

Com isso, um assunto extremamente importante para a entrega de alimentos passa a ser foco das nossas soluções: a contaminação cruzada. 

No Brasil, por exemplo, a ANVISA estipula uma série de normas de segurança dos alimentos para evitar esta contaminação, que vão desde a manipulação de alimentos até o transporte. 

Entretanto, é possível que você tome suas próprias medidas para combater essa questão e proteger seus alimentos de danos causados ao longo do transporte. 

Veja como é possível neste artigo.

Afinal, o que é mesmo Contaminação Cruzada?

Antes de mais nada, precisamos compreender o que é, de fato, a contaminação cruzada. 

Este termo se refere à transferência de microrganismos patogênicos, que causam doenças, entre um alimento e outro. 

Em geral, acontece em restaurantes e lanchonetes, mas também pode ocorrer na exposição em supermercados em decorrência do transporte inadequado de alguns alimentos. 

Esse processo acontece quando um alimento contaminado entra em contato direto com outro, sem a devida separação entre os produtos. 

Dessa maneira, os germes presentes em um alimento, entram em contato com outro produto e o tornam impróprio para consumo.  

Como evitar a contaminação cruzada durante o transporte de alimentos?

Além de se atentar para os seus fornecedores de alimentos, a ANVISA estabeleceu critérios rigorosos para que seja possível avaliar as melhores matérias-primas, ingredientes e embalagens para estocar e dispor os produtos. 

Contudo, o transporte e a recepção destes insumos precisam ser feitos de maneira adequada, atentando-se para a higiene, conservação e separação dos insumos. 

Antes de serem dispostos para o consumidor, é necessário fazer uma inspeção prévia, averiguando se as embalagens sofreram algum dano e os itens estão intactos.

Sendo assim, através de todas as normas e sugestões apresentadas pelos principais órgãos sanitários do mundo, a HB-SMR desenvolveu uma solução ideal para o transporte, manejo e disposição de produtos perecíveis no varejista. 

A princípio, as caixas plásticas retornáveis HB possuem design anatômico, que promovem a proteção total dos produtos em seu interior. 

Ou seja, não existe o contato com outras mercadorias durante o transporte, nem existe o risco de danificar o item durante o transporte. 

Entretanto, o principal fator que promove a proteção dos alimentos é a ventilação aprimorada das caixas, que inibe o acúmulo do gás etileno, que é responsável pelo amadurecimento acelerado dos alimentos, tornando-os impróprios para consumo em pouco tempo. 

Quando falamos de caixas de papelão, por exemplo, a falta de ventilação pode gerar o acúmulo do gás etileno, e os produtos ficarem estragados antes mesmo de chegarem até o varejista.

Contudo, esse problema de acúmulo de gás etileno é ainda mais agravante quando falamos do transporte de banana, fruta que exala etileno naturalmente e, se entra em contato com outras frutas, pode causar este mesmo efeito. 

Portanto, com as caixas HB-SMR, o risco de que haja amadurecimento acelerado e dano às frutas pelo acúmulo do gás, gerando essa contaminação, é reduzido.

Por fim, através do processo de higienização automatizada que ocorre no retorno das caixas aos Centros de Distribuição HB, também é evitada a contaminação dos alimentos. 

Higienização com Sustentabilidade

Ao final de cada ciclo de distribuição de alimentos, as caixas passam por um processo rigoroso que acontece em 5 etapas: 

  • Remoção mecânica de resíduos soltos e inspeção de danos nas caixas;
  • Lavagem pressurizada com solução de detergente biodegradável;
  • Sanitização;
  • Secagem por centrifugação;
  • Teste da limpeza em laudo sanitário de higienização.

Todo esse processo gasta menos do que um copo de água, apenas 160 ml, além de garantir a melhor condição para iniciar o próximo ciclo de distribuição dos alimentos.

Conte com a segurança HB-SMR!

Alimentação é coisa séria e a distribuição de produtos perecíveis deve seguir à risca as principais normas sanitárias exigidas. 

Por isso, a HB-SMR desenvolveu suas caixas plásticas retornáveis em material FoodSafe, 100% atóxico e virgem.

Assim, os alimentos podem ser transportados com total segurança e sem o risco de que cheguem até o consumidor final impróprios para consumo. 

Isso acontece pois as caixas HB promovem segurança ao longo do transporte, manejo e disposição dos produtos no varejista. 

Sendo assim, chegam até o consumidor sem danos, contaminação e com aparência apetitosa. 

Se o que você busca é reduzir o desperdício de alimentos, entregá-los com segurança até a mesa do consumidor final e aumentar seus lucros com a venda de seus produtos, você precisa conhecer a solução HB-SMR. São 96% menos danos e 35% menos desperdícios de alimentos.

Com aluguel de caixas plásticas, entregamos até você mais autonomia para vender e distribuir seus produtos sem o risco de perdê-los ou de que eles sofram danos no transporte. 

É uma maneira muito mais segura e eficiente de lucrar em sua cadeia de suprimentos. Solicite seu orçamento.

Solicite seu orçamento.

Compartilhe:

Mais Posts

Envie-nos uma Mensagem

Nosso objetivo é ajudar as pessoas da melhor forma possível. Este é um princípio básico em todos os casos e motivo do nosso sucesso. 

CONECTE-SE COM A HB

Newsletter

Cadastre-se para nossa newsletter